Tags

Related Posts

Share This

Oportunidades em MS

Mapa de oportunidades revela onde o empreendimento pode dar certo

Para o empreendedor em potencial que não sabe onde investir, o Sebrae preparou um mapa de oportunidades para pequenos negócios em Mato Grosso do Sul.

O estudo do Sebrae/MS revela que, apesar da grande produção agropecuária, na região Sudeste existe grande necessidade de empreendimentos no ramo da preparação de couro, acessórios e calçados.

Outras demandas da região são choperias, cursos para concursos, fábricas de roupas, lojas de produtos reciclados, minimercados e suprimentos de informática.

No Sudoeste de Mato Grosso do Sul, na Grande Dourados (região da segunda maior cidade do Estado), há apenas uma empresa no ramo de equipamentos de informática e falta empreendimentos nas áreas de adestramento de cães, agência de viagens, conserto de ar condicionado, recarga de cartuchos e recursos humanos.

A região Cone Sul necessita de empreendimentos nos ramos de alfaiate, área de lazer para a família, entrega rápida e shopping e a Sul Fronteira é precária em serviços de moto táxi e teatro.

No outro extremo, nas regiões Norte e Leste, na divisa com os estados de São Paulo, Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás, há oportunidade para empresas de fabricação de bebidas.

Refeições, guardas noturnos, hotéis, piscicultura e estacionamento são ramos com alto potencial no Bolsão, na região Leste do Estado, onde estão cidades como a rica Três Lagoas.

Localizada na divisa com o estado paulista, Três Lagoas é uma das cidades mais populosas e desenvolvidas de Mato Grosso do Sul. Por sua posição geográfica privilegiada e graças à política de incentivos fiscais, a cidade se transformou em um pólo industrial, com empresas como as gigantes Fibria e a International Paper. A região Leste possui déficit também de negócios como cinema, clube e lanchonete.

Já no Norte, onde a situação econômica é totalmente diversa, as necessidades são alarme e monitoramento, cobrança, fábrica de brinquedos, lavanderia e limpeza, buffets e coffee breaks.

O estudo do Sebrae/MS mostra ainda que na região Noroeste de Mato Grosso do Sul, onde fica 65% do Pantanal, há oportunidade de negócios nos ramos de açougue, casa lotérica, consultoria empresarial, doceria, pet shop, sorveteria e supermercado, entre outros.

Concentrando 70% da população, a Capital, no Centro Norte, é o município mais desenvolvido do Estado. A região de Campo Grande possui demanda nas áreas de cybers, cursos de português e lojas de roupas.

Confira o mapa do estudo “Grandes oportunidades para pequenos negócios” clicando aqui.